O mercado de criptoativos se diferencia de diversas formas do mercado financeiro tradicional.

A primeira diferença e talvez a que precise ser compreendida antes de todas as outras, é o fato de os ativos não possuírem um preço comum e regulado. Cada plataforma de compra e venda (corretora) possui seu preço, de acordo com a oferta e a demanda de cada uma delas, não existe um órgão regulamentador do preço pois estamos falando de um mercado global. Isso da a possibilidade de as pessoas fazerem arbitragem entre corretoras – que é basicamente comprar mais barato onde estão vendendo mais barato para vender onde estão pagando mais caro. É fundamental saber fazer arbitragem de maneira correta para a minimização dos riscos, já que estamos falando de um mercado extremamente volátil.

Outra diferença importante é o fato de o mercado de criptoativos funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Esse mercado nunca para – diferente do mercado tradicional, que funciona de segunda a sexta e tem horário de abertura e fechamento.

E como estamos falando de uma categoria de investimentos que se propõe ser mais descentralizada e democrática, o valor mínimo para começar a investir em criptoativos também costuma ser muito menor do que aqueles exigidos em bolsas tradicionais. Esse valor mínimo varia de corretora para corretora, mas costuma ser baixo – algo em torno de 25 reais já da pra começar a se expor ao mercado.

APRENDA A INVESTIR EM BITCOIN

Deixe seu Melhor Email Abaixo

    Nunca enviaremos Spam

    Importante lembrar que estamos falando de um mercado ainda pouco regulamentado, completamente diferente do mercado financeiro tradicional. E como tudo na vida existem os dois lados da moeda nessa história. De um lado a vantagem de poder atuar à margem do sistema se assim quiser, do outro lado, toda à responsabilidade de operar por conta e de não ter a quem recorrer caso você cometa algum erro em alguma parte dos processos, ou caso alguma corretora sofra um ataque hacker ou decrete falência, seus fundos estarão perdidos e você não terá a quem recorrer.

    Em tempo: o criptomercado possui mais de 5 mil ativos listados. Desses, grande parte são fruto de pura especulação. Por conta disso é fundamental saber avaliá-los antes de fazer qualquer investimento. Assim minimizam-se as perdas em um mercado que é cheio de riscos.

    Deixe um comentário

    My Newsletter

    Sign Up For Updates & Newsletters

    [mc4wp_form id="456"]